Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Se a inês sabe disto

Festival do Ouriço-do-Mar está de regresso à Ericeira

123.jpg

E já vamos para a 4ª edição. Os cozinheiros sempre o desejaram. Os conhecedores do mar sempre o procuraram. Os locais que têm a sorte de tê-lo como produto local sempre o respeitaram. E quem o provou raras vezes não se rendeu ao sabor intenso e único de um ouriço-do-mar. Por tudo isto e porque as edições anteriores deste evento foram um sucesso, a Ericeira volta a receber mais um Festival Internacional do Ouriço-do-Mar da Ericeira, entre 23 de março e 08 de abril de 2018.

Como em todos os anos, esta será mais uma oportunidade rara para marcar um primeiro encontro com uma das iguarias marítimas mais desejadas do momento ou aprofundar uma relação já existente. Será possível ver de perto a forma como é cultivado, produzido e comercializado através de visitas e palestras com oradores especialistas – ou confirmar o compromisso com um produto que provavelmente vai conquistar-nos para sempre. 

Ourico-do-mar3.jpg

Logo no dia 23 de manhã, destaque para as jornadas técnicas, com a presença de investigadores nacionais e internacionais, um show cooking, nos dias 24 e 25 de março à tarde, no Mercado Municipal da Ericeira com cozinheiros conceituados, como Vasco Lello, Rodrigo Castelo, Bertílio Gomes, Marco Martini, José Pinheiro, entre outros e uma mostra gastronómica com a possibilidade de experimentar as sugestões dos 22 restaurantes aderentes durante todos os dias do festival.

O projeto Go Foodies participará com a iniciativa Vamos à Maré (idas na maré vazia à praia de Ribeira de Ilhas acompanhadas pelo cientista Ricardo Melo para observação, identificação e apanha de ouriços-do-mar e algas).

Ourico-do-mar1.jpg

Ourico-do-mar2.JPG

Desde a sua primeira edição, em 2015, que o Festival Internacional do Ouriço-do-Mar da Ericeira pretende valorizar um produto muito especial que, cada vez mais, contribui para a chamada economia do mar ao estar relacionado com temas tão actuais e importantes como preservação de recursos, biotecnologia e biodiversidade. Mas, acima de tudo, a missão do festival é divulgar uma iguaria que, apesar de já estar no nosso coração, queremos sempre conhecer melhor. Não faltem!

Go Foodies segue viagem para Madrid

GF.jpg

Depois de um primeiro evento de lançamento realizado nos Açores, com o menu 5 Algas 5 Cientistas 5 Pratos, a Go Foodies World Tour prossegue a sua rota com uma primeira paragem internacional. A cidade escolhida foi a capital espanhola, nos dias 22, 23 e 24 de Janeiro – data da realização daquele que é um dos eventos gastronómicos de maior importância do país vizinho, o Madrid Fusión (e que conta com a participação de conceituados chefs portugueses).

Alinhada com este certame gastronómico de impacto não só europeu como mundial, a Go Foodies World Tour vai instalar-se no restaurante M29 (o restaurante do Hotel Miguel Angel by BlueBay) para apresentar 3 jantares, nos três dias acima indicados, com um menu criado por Nuno Nobre em parceria com o premiado chef Manuel Prats que foi um dos chefs internacionais convidados na 1ª edição do Festival do Ouriço-do-Mar, realizado na Ericeira. Serão 5 pratos protagonizados pelo ouriço-do-mar e o seu principal alimento, as algas. A harmonização vínica ficará a cargo do produtor português Joaquim Arnaud e Quinta dos Plátanos. Além da excelência de um menu totalmente dedicado ao mar – tema central desta Go Foodies World Tour – os jantares terão um acompanhamento científico em parceira com a Algae4us para uma maior consciencialização da crescente importância das algas à mesa e do respeito que um produto tão nobre como o ouriço-do-mar merece – tema que será certamente aprofundado na 4ª edição do Festival do Ouriço-do-Mar, a realizar na Ericeira em Março de 2018, e que conta também com a organização e expertise da Nuno Nobre Consultoria.

Um encontro de saberes e sabores, ingredientes e savoir faire que pretende aproximar cada vez mais, gastronómica e culturalmente, dois países que partilham muito mais que uma península.

 

Há novidades gastronómicas!

nnc.jpg

O projecto Go Foodies, sobre o qual já falámos algumas vezes aqui no blog, foi apresentado em 2017 e agora vai iniciar, em 2018, uma programação regular e mundial, eu diria que irresistível, para todos os apaixonados pela gastronomia. O tema que se apresentou como imprescindível e unificador não podia ser outro: o mar! E o tanto que ele nos dá.

Assim sendo, impunha-se agendar uma World Tour, que levasse esse nosso mar a algumas das cidades mais importantes do mundo. A digressão começa já no próximo dia 18 de Dezembro, data em que se realizará um evento Go Foodies que terá como protagonistas as algas dos Açores. Realizado in loco, pretende unir a observação, a apanha e a interpretação de um produto que é cada vez mais valorizado, tanto dentro como fora de Portugal. Combinando a expertise dos maiores cientistas da área no nosso país com a degustação, haverá um jantar temático intitulado 5 Algas, 5 Cientistas, 5 Pratos que promete ser tão didáctico quanto delicioso. 

No mês seguinte é a vez de Madrid receber – por altura da realização do mega evento gastronómico Madrid Fusión 2018 – entre os dias 22, 23 e 24, a “nossa” Ericeira e um dos produtos mais incríveis que o seu mar nos traz: o ouriço-do-mar. Em colaboração com o já famoso Festival do Ouriço-do-Mar, que se realiza todos os anos na Ericeira, serão organizados três jantares, com base nesta iguaria cada vez mais apreciada pelo mundo fora. Como sempre acontece nos eventos Go Foodies, haverá ainda uma apresentação científica (onde não faltarão referências à cada vez mais importante questão da sustentabilidade) do produto. 

Com presença também garantida no âmbito da Alimentaria 2018, no mês de Abril, em Barcelona, e com uma série de outros eventos já agendados pela Europa e pelo mundo, o Go Foodies World Tour vai marcar o próximo ano com eventos que prometem aproximar os portugueses ainda mais do seu mar e dar a conhecer fora de portas o porquê desta intensa relação nacional com tudo o que o oceano nos dá. Sem dúvida, um projecto que vamos acompanhar. 
 

Na Ericeira há um lugar onde se come mesmo bem!

15400907_899395796830350_3975005826949957418_n.jpg

Ali meio escondido na zona onde atracam os barcos de pesca da Ericeira, na Praia dos Pescadores, existe um restaurante com estreita ligação ao mar. Até no nome. O Snack-Bar Clube Naval da Ericeira é, para nós cá da terra, o cantinho do Paulo e da Almerinda. Há uns anos era quase o segredo mais bem guardado para os moradores da vila, um lugar de eleição para petiscar e passar horas à conversa com os amigos, o único lugar aberto noite dentro para que os pescadores pudessem sair para o mar de estômago reconfortado. Sempre num ambiente descontraído, com janela aberta para o mar, esse cantinho ganhou fama e tornou-se também uma referência fora de portas. Mas o charme e o carisma mantiveram-se intactos. Isso garanto-vos! Mérito do casal que fez nascer esta casa e agora também da Vanessa, a filha de ambos. 

Beneficia de uma localização privilegiada, é certo! Mas não fosse a ementa uma deliciosa viagem pelos sabores mais tradicionais, isso pouco valia. Embora, por razões óbvias, os pratos de peixe sejam a aposta forte do menu do dia, existe quase sempre uma opção de carne. A raia frita com açorda de ovas, confesso, é dos meus pratos favoritos. E a técnica da Almerinda no preparo desta iguaria não é para todos.

Se quiserem saber qual é a ementa do dia, basta fazerem uma visita à página oficial do restaurante aqui. Está sempre actualizada. O espaço é pequeno, acolhedor e a decoração foi recentemente renovada. É provável que em certos dias tenham de esperar para conseguir mesa, mas garanto-vos que vale a pena. Deliciem-se com as imagens...

17757506_991594780943784_1451598283295530411_n.jpg

17796386_992441370859125_1451097008697321044_n.jpg

17952461_1000118726758056_3602551111005271375_n.jp

15284966_889431404493456_354695243908530318_n.jpg

15400907_899395796830350_3975005826949957418_n.jpg

15439960_904619819641281_2305149374749866189_n.jpg

15747554_915010288602234_6380208077185147009_n.jpg

15202670_892989680804295_5597115168534292670_n.jpg

15232178_891837067586223_345270324441038433_n.jpg

15267540_896655667104363_3018783213150563136_n.jpg

15284869_893021274134469_6069610307913854847_n.jpg

15107281_876969792406284_4865356938870477595_n.jpg

15135936_883652991737964_6125941200174907621_n.jpg

15171264_881036518666278_6884201787280583320_n.jpg

15178269_885432461560017_1951924699346141126_n.jpg

12718095_741731242596807_3416955521087927588_n.jpg

12804889_725578654212066_4601284385772798269_n.jpg

14573024_860455894057674_2643515912083588516_n.jpg

14962607_863613883741875_7649301078226853697_n.jpg

 

A Ericeira recebe o 3º Festival Internacional do Ouriço-do-mar!

primage_18702.png

A minha linda terra vai receber, pelo terceiro ano consecutivo, o Festival Internacional do Ouriço-do-mar. E é já de 31 de Março a 9 de Abril. Por ser uma das zonas costeiras onde as condições são mais favoráveis ao desenvolvimento dos ouriços, a Ericeira volta a ser palco deste evento que premeia a qualidade dos nossos restaurantes bem como a possibilidade de conhecer o trabalho de grandes chefs reconhecidos mundialmente. São eles que vão criar, reinventar e certamente surpreender-nos com diferentes formas de preparar esta iguaria. António Alexandre, Chef do projeto Endògenos que promove e valoriza o ouriço-do-mar da Ericeira desde 2013, e os internacionais, Chef Justin Jennings (Austrália) e Chef Roberto Sihuay (Perú) são algumas das estrelas da gastronomia já confirmadas.Vamos ter ainda a oportunidade de conhecer o contexto ambiental e cultural desta espécie, tão apreciada pelo mundo fora, e participar em showcookings que irão acontecer no Mercado Municipal da Ericeira, nos sábados 1 e 8 de abril.

A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Mafra, pretende, além da óbvia e tentadora vertente gastronómica, contribuir para tornar ainda mais forte o turismo nesta região que, para quem não sabe, é também Reserva Mundial de Surf. De resto, é importante salvaguardar que este tipo de evento criará com toda a certeza bases de sustentação cada vez mais fortes para dar continuidade aos projectos de investigação científica em torno do Ouriço-do-mar. Aliás, é este o mote para as Jornadas Técnicas, com diversas atividades a decorrer, a partir do dia 1 de Abril, na Casa da Cultura Jaime Lobo e Silva, localizada no centro da vila. Por isso, não faltem. Eu estive presente nas duas edições anteriores e garanto que vale a pena!

Restaurantes aderentes:

7 Praias na Baleia, A Brasa na Gruta, A Canastra, A Tasquinha, Esplanada das Furnas, Estrela do Mar, Funky, Golfinho Azul, Mar à Vista, Marisqueira Brisa, Marisqueira César, Marisqueira Furnas, O Vigarista, Prim, Retiro da Bela Sombra, Ribeira d’Ilhas Surf Restaurant & Bar, Restaurante Dom Carlos, Restaurante Sul, Sushi Drinks Club, Ti Matilde, Tik Tak, Toca do Caboz, Uni Sushi e Viveiros do Atlântico.