Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SE A INÊS SABE DISTO!

Será que prepara o seu chá como deve ser?

 

teacup-2325722_1280.jpg

Que o chá é um poderoso aliado nas dietas para perda ou manutenção de peso já não é novidade para ninguém! Que ajuda a combater algumas doenças e acelera o metabolismo também não! O que muitas pessoas desconhecem é que, se não for preparado correctamente, uma boa parte dos seus benefícios perdem-se na cafeteira. É essencial percebermos que um chá é uma espécie de puzzle que só fica completo com a dose certa das folhas do chá, da quantidade de água, da temperatura da mesma, do tempo de infusão, entre outros factores decisivos para que possamos usufruir ao máximo do benefício desta bebida. Porém, este é um assunto que gera alguma discussão de país para país, consoante as culturas. Como escreveu George Orwell, um obcecado por chá que adorava adicionar-lhe quantidades enormes de açúcar, "a melhor maneira de prepará-lo é assunto de disputas violentas". Ainda assim, decidi fazer uma ronda pelos sites das marcas mais conceituadas de chá e reunir algumas dicas para partilhar convosco. Vamos por partes...

A água

Para começar use sempre água fria e preferencialmente engarrafada, livre de quaisquer substâncias que possam alterar radicalmente o sabor do chá. Porém, convém salientar que a presença de sais minerais naturais podem melhorar o sabor desta bebida. Por este motivo, a água destilada deve ser evitada, bem como a água da torneira que,  por circular nos canos, pode eventualmente estar minada por algumas substâncias menos saudáveis. Além do cloro que altera, e muito, o sabor do chá. 

 

Temperatura

A temperatura da água é fundamental para fazer um bom chá. A ideia de que deve ser sempre feito em água a ferver é totalmente incorrecta. Na verdade, depende da variedade do chá que estamos a utilizar. Enquanto o chá verde requer uma temperatura mais fria para revelar o sabor certo, o chá preto, por ter sido totalmente oxidado, precisa de água muito mais quente para trazer à tona o seu sabor característico. Mais à frente falaremos mais detalhadamente sobre o modo correcto de preparar os chás mais populares entre nós. 

 

Duração da Infusão

Assim como acontece com a temperatura da água, também o tempo de infusão varia de chá para chá. Por norma, os mais delicados requerem menos tempo de infusão. No entanto, esta questão varia bastante de país para país e também consoante as preferências pessoais. 

 

drink-3208144_1280.jpg

A importância do bule

O material de que é feito o bule onde fazemos o chá é extremanente importante e pode mofidicar consideravelmente a qualidade da infusão. Materiais como ferro ou peças chinesas são excelentes para manter o calor durante longos períodos de tempo, enquanto o vidro ou a porcelana são mais propensos a libertar esse calor. 

 

Como guardar o chá

Guarde o seu chá num recipiente hermético, num local fresco e seco, evitando expô-lo à humidade, calor, luz e odores. Para armazenamentos a médio prazo, mantenha-os num saco de papel, bem fechado, ou num recipiente de cerâmica no frigorífico. 

 

cha preto.jpg

 

Chá preto

O chá preto é o chá mais comum na América do Norte. É produzido com folhas de chá avermelhadas que são enroladas e deixadas a oxidar e secar, desenvolvendo um sabor e cor natural. Com inúmeros benefícios para a saúde (antioxidante, bom para a digestão, atrasa o envelhecimento e acelera o metabolismo) , o chá preto contém cerca de metade da cafeína do café e o dobro do chá verde.Por cada pessoa coloque uma ou duas colehres de chá desta erva a ferver a 95 graus, durante dois a três minutos. Beba preferencialmente em copo de porcelana. 

 

green-tea-2356770_1280.jpg

Chá verde

O chá verde é um tesouro de longa data da China e do Japão que acabou por ganhar popularidade um pou o por todo o Mundo. As folhas de chá são aquecidas ou cozidas logo após a colheita, preservando o seu sabor natural e resultando numa bebida nutritiva com antioxidantes. Com cerca de metade da cafeína do chá preto, o chá verde acelera o metabolismo, combate o colesterol, previne doenças do coração e vários tipos de cancro, além de retardar o envelhecimento celular. Se optar por um chá verde originário do Japão, utilize uma ou duas colheres de chá desta erva por pessoa e ferva durante um a dois minutos, no máximo a 80 graus. Beba num copo de vidro. No entanto, se optar por chá verde originário da China, use duas colheres desta erva e ferva durante 2 a 3 minutos no máximo de 90 graus. Beba em copo de porcelana. 
 
Chá branco
 
Trata-se de um chá raro que foi introduzido no Ocidente em 2002 pela República do Chá. O chá branco chinês é o mais puro, cultivado apenas na província de Fujian. A sua técnica de produção exige bastante subtileza e os seus benefícios são infindáveis. Acelera o metabolismo e a queima de gordura corporal, alivia o stress, previne a arterioesclerose, reduz a pressão arterial entre muitas outras vantagens para o organismo. Use 2 a 3 colheres de chá branco e ferva no máximo a 80 graus durante 3 minutos. Beba num copo de porcelana. 
 

herbal-tea-1410565_1280.jpg

 

Chá de ervas
 
O chá de ervas remete-nos imediatamente para a experiência sensorial das ervas e dos benefícios medicinais que esses chás possuem. Mas sabia que "chás de ervas" não são oficialmente chás? Supostamente, reza a história que apenas as folhas e os botões de Camellia sinensis, a planta que nos dá o chá preto, oolong, verde e branco, devem ser chamados de chá. Teorias à parte, deve usar 1 a 2 colheres desta erva, fervê-la 3 minutos num máximo de 100 graus. Beba em copo de porcelana. 
 

rooibos-2675473_1280.jpg

 

Chá de rooibos
 
Rooibos é um chá vermelho feito de uma erva sul-africana que contém polifenóis e flavonóides. Muitas vezes chamado de "chá de Redbush Africano", delicia os sentidos e oferece potenciais benefícios para a saúde. Este chá beneficia a perda de peso, possui propriedades anti-alérgicas, alivia dores de cabeça, cólicas e dores de estômago, atrasa o envelhecimento da pele, entre outros benefícios. E não contém cafeína. A maioria dos especialistas defende que a preparação deste chá não obedece a regras especiais e sim ao gosto de cada um. 
 

phoenix-single-clump-2431867_1280.jpg

Chá de Oolong
 
Originário da Tailândia e do sudeste da China, o chá de oolong é produzido quando as folhas de chá são oxidadas sob luz solar directa até que elas atingam uma fragrância agradável, algures entre o cheiro de maçãs, orquídeas e pêssegos. Também conhecido como um chá que potencia a perda de peso. Tem um sabor distinto com uma quantidade média de cafeína, entre o chá preto e o chá verde. Existem duas opções deste chá. Uma mais leve (verde9 e outra mais escura e mais pesada. Em qualquer uma delas é aconselhável usar 2 a 3 colheres de chá, fervidas a um máximo de 100 graus durante 3 minutos. Beber em copo de porcelana.