Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se a inês sabe disto

População de Tomar toma decisão importante no dia 6 de Abril

 

Festa dos Tabuleiros 3@Nuno_Garcia_Lopes.tif

Nunca antes mencionei esta questão no blog mas sempre que dedicamos um post a esta cidade, seja para promover um evento ou as suas gentes, verificamos que existe também uma união incrível entre a população para divulgar o que por lá acontece. Como tal, aproveito a deixa para agradecer-vos de coração o retorno, as partilhas e o carinho que temos recebido da vossa parte. Posto isto, vamos ao que interessa...

Os habitantes do concelho de Tomar reúnem-se já no próximo dia 6 de abril, pelas 21h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. E porquê? Porque como manda a tradição, cabe aos munícipes da cidade templária deliberar sobre a realização, ou não, da famosa Festa dos Tabuleiros no ano seguinte. No caso da decisão ser favorável, neste dia será também realizada a escolha do respectivo mordomo. Ou seja, de uma forma informal, o povo de Tomar, que por norma adere em grande número ao convite para esta reunião, decide, por votação de braço no ar, se há ou não Festa dos Tabuleiros no ano seguinte. Simples assim!  Depois, se o mordomo escolhido aceitar o desafio, são lançados foguetes para anunciar à população que haverá Festa em 2019.

Com mais de um ano de antecedência, e uma vez tomada a decisão, começa de imediato o trabalho de preparação desta tão afamada festa, para garantir a construção de centenas de tabuleiros, a confecção das flores e a ornamentação das ruas com enfeites de papel criados pelos próprios moradores. Única no mundo, a Festa dos Tabuleiros realiza-se de quatro em quatro anos, tendo a última edição, em 2015, sido considerada o melhor evento público realizado em Portugal nesse ano, em que desfilaram mais de cinco centenas de mulheres de todas as freguesias do concelho de Tomar.

Por entre colchas pendentes nas janelas, milhares de visitantes nas ruas e uma chuva de pétalas, este desfile dos tabuleiros é o momento alto da Festa. As raparigas desfilam com um tabuleiro de tamanho igual à sua altura, apoiado na cabeça, constituído por trinta pães em cinco ou seis canas que partem de um cesto de vime, rematado ao alto por uma coroa com a Pomba do Espírito Santo ou pela Cruz de Cristo. Com um percurso de cerca de cinco quilómetros, a tradicional procissão de Tomar chama centenas de milhar de visitantes à cidade para assistir. Uma semana antes deste desfile, realiza-se também o Cortejo dos Rapazes, em que participa grande parte das crianças do concelho. Isto sim, é uma festa! Parabéns Tomar! E já agora, se quiserem conhecer um pouco mais da história desta festa, dêem uma vista de olhos neste texto muito interessante publicado por um tomarense.

4 comentários

Comentar post