Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se a inês sabe disto

Noivos deste país, prestem bem atenção...

incredible-cakes-by-sylvia-weinstock-12.jpg

Tem 88 anos, chama-se Sylvia Weinstock e, caso estejam dispostos a gastar uns "trocos" extra no vosso bolo de casamento, pode ser que tenham a sorte de ser assinado por esta senhora. Digamos que ela é uma espécie de "Leonardo da Vinci" dos bolos. Aliás, é assim carinhosamente tratada, consequência das verdadeiras obras de arte da pastelaria que realiza. Não só para casamentos como para outros eventos. Basta que tenhamos algum capital para investir e depois, muita paciência para entrar na fila de espera, que pode chegar a um ano. Entre as celebridades mais sonantes para as quais Sylvia já trabalhou, posso referir o nome de Oprah, Bill Clinton, Kim Kardashian, Robert De Niro, Donald Trump, Jennifer Lopez,  a família Kennedy, entre outras. E desenganem-se se pensam que o bolo não chegaria a Portugal em condições. Chega e em bom estado porque, de acordo com a mestre pasteleira "Embalamos os bolos cuidadosamente e enviamos uma equipa de pessoas a acompanhá-los. Rezamos muito e mantemos os dedos cruzados. Enviamos um kit com camadas extras e creme para bandagem dos bolos, para o caso de ser preciso. E chegamos sempre em bom estado aos destinos mais exóticos do mundo". E isto tudo, claro está, paga-se e bem! Não há bolo que custe menos de 30 dólares por fatia ou, se preferirmos fazer as contas de outra maneira, o preço médio de um bolo de casamento ronda os 70 mil euros.

Para começar os bolos são cozidos 4 a 8 horas antes da cerimónia mas é muito provável que os adornos tenham de ser preparados com duas a três semanas de antecedência. Ou mais! Ainda por cima, diz Sylvia em entrevista a um jornal americano, que " São sempre bolos enormes. As pessoas agora casam mais tarde e, naturalmente, têm mais amigos, colegas de trabalho e a família que entretanto cresceu, para convidar. O maior bolo de casamento que fiz foi para 2000 convidados". Mas o verdadeiro segredo do sucesso, não podia ser mais simples: "O meu favorito é o bolo de limão com enchimento de framboesa mas o meu marido prefere o de chocolate. Essa é provavelmente a razão pela qual eu incentivo as noivas e os noivos a selecionar os seus próprios sabores e recheios de bolo para que possamos alternar níveis e todos ficam felizes. Eu diria que o segredo do meu sucesso é que, enquanto alguns designers de bolo fazem apenas arte bonita, os nossos bolos são lindos e também deliciosos". 

 

b41715167e8f93bd4348966e695ffd4c.jpg

 

Um negócio bem sucedido que continua em expansão 

No site de Sylvia Weinstock a artista explica quais são os seus projectos a curto prazo;" No final de 2016, decidi expandir o meu negócio de Nova York em novas direcções. Com parceiros bem-sucedidos no Japão e no Kuwait, chegou o momento de continuar este processo, trabalhando com os melhores artistas do bolo em todo o mundo, ensinando as minhas técnicas na criação dos mais deliciosos - e bonitos - bolos. Por 35 anos, foi uma fonte de enorme alegria e satisfação pessoal fazer parte da minha maravilhosa equipa de padeiros e artistas. E agora acredito, com a nossa nova equipa de licenciados, treinados por mim, as nossas criações ainda serão as melhores; reflectindo a qualidade, a mão de obra e o orgulho através da qual cada criação de Sylvia Weinstock é conhecida e apreciada. Chegou o momento de novas prioridades e desafios. Juntamente com recém-licenciados para Sylvia Weinstock Cakes, estou entusiasmada com outros investimentos, falar em público e ensinar. Lembrem-se, a minha primeira carreira foi ensinar!  E na verdade, Weinstock começou a assar bolos enquanto a família esquiava na Hunter Mountain. Ela  preferia ficar no interior. Aos 50 anos, começou a vender bolos para chefs locais e iniciou um negócio. Apontado o Leonardo da Vinci de bolos pela revista Bon Appétit, os bolos de Weinstock são transportados em todo o mundo para casamentos e eventos até por jactos se for necessário. Famosa por sua técnica de flores prontas e feitas à mão que rivalizam com flores naturais, ela abriu recentemente sua primeira loja no Kuwait. Com os olhos fixos na Ásia para um próximo local, a Sra. Weinstock continua com toda a força e energia que os 88 anos não denunciam. Ela diz que leva a vida um dia de cada vez e fica sempre feliz quando acorda e vê que está viva.  E sugere que, não menos importante, as pessoas aprendam a lidar com o fracasso. Se não tiver sucesso numa área, sobreviverá a uma falha e seguirá. Enquanto encontrar emoção e satisfação, continue". E ficamos por aqui com um conselho de mestre...

John Labbe 2.jpg

MEarly-Shop.jpg

4.jpg

3.jpg

d1d0ce7a412f30beb44fcd035e639022.jpg

2.jpg

14.jpg

 

 

Patrícia Teixeira

Edmundo Gonçalves

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens