Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se a inês sabe disto

Magia do Natal chega ao Palácio Nacional de Queluz

1_Cartaz_Video_mapping_Oficina_do_Natal.jpg

 

A Parques de Sintra apresenta no Terreiro do Palácio Nacional de Queluz, de 14 a 23 de dezembro, o video mapping “Oficina do Natal”, uma criação original e produção do ateliê Grandpa’s Lab. Com entrada livre, o espectáculo é composto por animações 3D e será projetado nas fachadas exteriores do monumento. “Oficina do Natal” gira em torno do homem que antes de ser Pai Natal era apenas Nicolau, um artesão de brinquedos. Nicolau recupera e restaura brinquedos esquecidos, descartados e avariados. E é no Palácio Nacional de Queluz, transformado numa enorme loja de brinquedos, que tudo acontece. Aqui, todos os brinquedos antigos ganham uma segunda vida e chegam às mãos das crianças.

4_Oficina_do_Natal.jpg

 

Um dia, Nicolau atravessa um túnel escondido numa árvore e encontra um palácio em ruínas e o respetivo guardião: um brinquedo robô que parece estar inconsciente. Com o seu talento, o artesão – que se transformará na lendária personagem do Pai Natal – dá uma nova vida ao robô, que inicia a recuperação daquele que é, afinal, o Palácio Nacional de Queluz. Além de ser uma metáfora para o trabalho de conservação e recuperação executado pela Parques de Sintra no monumento nos últimos anos, o espectáculo visa ainda transmitir uma mensagem de consumo mais responsável nesta época do ano.

Com um surpreendente conteúdo visual, o video mapping tem a duração de 15 minutos e acontece de meia em meia hora, entre as 18h00 e as 22h30.

 

3_Oficina_do_Natal.jpg

5_Oficina_do_Natal.jpg

 

Informações úteis sobre o espectáculo

  • Datas: 14 a 23 de dezembro
  • Horários: 18h00, 18h30, 19h00, 19h30, 20h00, 20h30, 21h00, 21h30, 22h00 e 22h30
  • Preço: entrada livre
  • Classificação etária: maiores de 3 anos
  • Estacionamento: recomenda-se o estacionamento nas imediações do Regimento de Artilharia Antiaérea n.º 1, estando este limitado à capacidade do espaço (aconselha-se o uso de transportes públicos

Patrícia Teixeira

Edmundo Gonçalves

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens