Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SE A INÊS SABE DISTO!

SE A INÊS SABE DISTO!

29 de Setembro, 2016

Dois documentários Netflix para ver esta noite!

Patrícia Teixeira

2.jpg

the-wolfpack-vod-3.png

 

 

Recém-viciada na Netflix e a ususfruir como se não houvesse amanhã do período gratuito de 30 dias, quero partilhar convosco 2 documentários que me deixaram realmente presa à televisão ontem à noite. Nunca fui de passar horas no sofá a ver filmes ou o que quer que fosse mas, desta vez, não há horita livre que não aproveite para sugar tudo o que esta plataforma tem para oferecer. Aqui fica a minha sugestão para este serão:

 

I'LL SLEEP WHEN I'M DEAD

Um dos dj's mais controversos da música electrónica é também um homem fortemente marcado pela ausência do pai na sua vida. Um documentário muito interessante sobre o dj e produtor musical Steve Aoki, onde nos é dado a conhecer também o outro lado, aquele que ninguém desvenda durante as suas polémicas, talvez um pouco bizarras, actuações ao vivo. Aqui está o trailer...

 

 

THE WOLFPACK (2015)

Chocante é a palavra certa para definir este documentário que conta a história real de 6 irmãos que foram criados em cativeiro pelos pais, uma americana e um peruano, que jura ser parente de Deus. Durante anos foram muito poucas as vezes que as crianças saíram do apartamento onde moravam todos juntos. O dia-a-dia da família era passado a ver e a recriar cenas de filmes muito conhecidos como "Pulp Fiction". Uma história verdadeiramente impressionante, a não perder! 

 

 

 

 

 

27 de Setembro, 2016

A base perfeita custa menos de 5 euros!

Patrícia Teixeira

base essence.jpg

 

Comprei esta base pela primeira vez há uns meses, numa farmácia, e desde então não voltei a usar outra. O preço (€4,45) é um óptimo argumento, é certo, mas existem outras características do produto a ter em conta. Para começar, é a primeira vez que que não tenho de andar com a base na carteira para retocar. Aplico em casa e mesmo que tenha de estar fora o dia ou a noite toda, a A Soft Touch Mousse da Essence dura mesmo bastante tempo praticamente intacta! A cobertura é excelente, de média a forte, mas não dá (de todo!!) um aspecto pesado à maquilhagem. Cada caso é um caso e, no meu, além da durabilidade, adoro o facto de não precisar de aplicar posteriormente o pó translúcido que usava para retirar o brilho. Talvez devido à sua consistência e assim meio em jeito de milagre cosmético, esta base retira qualquer brilho da cara, mantendo esse efeito por muito tempo. Espalha-se facilmente mas aconselho a que o façam com um pincel porque, neste caso, a aplicação com os dedos ou esponja não funcionam tão bem. 

Aqui fica a dica de cosmética da semana :)

 

26 de Setembro, 2016

Desci do salto, mas com nível...

Patrícia Teixeira

 

capa aerosoles.JPG

 

De há uns tempos para cá, e sem motivo especial, comecei gradualmente (e literalmente!) a "descer do salto". Desde muito nova privilegiei a possibilidade de parecer mais alta num detrimento óbvio do conforto. É certo que existem saltos enormes que até conseguem ser confortáveis mas digam o que disserem, nunca o suficiente para atravessar uma calçada sem que isso se transforme numa aventura com contornos de sofrimento. E como este ano, mesmo nas saídas nocturnas, acabei por fazer algumas caminhadas, lá decidi tentar adaptar-me a saltos menos vertiginosos. A mudança não foi assim tão radical, até porque de vez em quando a indumentária ou o estado de espírito imploram por uma ajuda extra de 10 ou 15 cm, mas quase sempre o conforto tem ganho esta batalha.

No meio desta mudança conheci mais de perto a marca Aerosoles, que me proporcionou a oportunidade de experimentar alguns sapatos da colecção Outono/Inverno 2016/2017. Escolhi esta foto de abertura, não porque tenha sido o modelo com que mais me identifiquei, mas porque é um dos pares de sapatos que, sem dúvida, melhor simbolizam a irreverência e espírito inovador desta temporada, com destaque para a androgenia. E assim recuperam também o estilo boémio dos anos 70, em Brooklyn. São modelos simples e elegantes que fazem lembrar os looks de Annie Hall. 

De todos os sapatos que experimentei a maior supresa foi mesmo o conforto que proporcionam. De verdade! A colecção é inspirada no mundo urbano, com linhas elegantes que se adaptam a todas as situações do dia ou da noite. À conversa com um representante da marca, fiquei ainda a saber que a Aerosoles incorpora as suas tecnologias Stitch N Turn ou Heel Rest (que asseguram o melhor conforto e flexibilidade), tornando cada movimento – e momento – confortavelmente bom! Aqui ficam as botas que escolhi e outros modelos da nova colecção que já está a começar a chegar às lojas. Vejam no site onde e como podem adquiri-los. 

14440643_289236818130115_1325366531127685885_n.jpg

14457435_289237001463430_5673709104386153853_n.jpg

 

Alternative-BlasterCopper.jpg

BetterOff-MixAsiaBlack.jpg

FantasticFour-CashmereBlack.jpg

FastBall-PitoneChocolate.jpg

fastLane-blasterCafu.jpg

FastNFurious-MixGenerationMixBrown.jpg

FastNFurious-velvetNaplackBlack.jpg

FastNFurious-kidSuedeSpartaChoco.jpg

FastNFurious-MixGenerationMixBrown.jpg

FastNFurious-VelvetNaplackPlumb.jpg

FastPace-NaplackBlack.jpg

HoleForOne-VanityBlack.jpg

IMG_7997.jpg

IMG_8002.jpg

IMG_8003.jpg

IMG_8038.jpg

just4you-vanityblack.jpg

just4you-vanityplumb.jpg

justCause-vanityBlack.jpg

Justice-VanityBlack.jpg

OverLooking-MixVelvetChocolate.jpg

OffShore-CashmereMeteoraNubuckBlack.jpg

PushNPull-VolterraBlack.jpg

 

 

 

15 de Setembro, 2016

A Tasquinha do meu Coração...

Patrícia Teixeira

16019_1056149454412798_3424435917012503823_n.jpg

Chama-se Tasquinha do Gil e fica situada na Aldeia da Mata Pequena, no concelho de Mafra. Confesso que embora caia de amores pelo requinte de certos restaurantes, não há nada que me encha mais a alma do que dar de caras com sítios assim. Imprevista, doce e acolhedora, esta tasquinha está enquadrada num cenário encantador de turismo rural. E embora fique perto da agitação de localidades como Mafra e Sintra, é preciso uma boa dose de intuição geográfica para ali chegar. Para quem lá se desloca pela primeira vez, nada como fazer à antiga e ir perguntando a direcção a quem passa na estrada. O GPS é uma alternativa mas, pelo menos comigo, não me levou lá à primeira. Nem à segunda...

A decoração surpreende-nos pelo bom gosto e tradição. O espaço interior é pequeno (muito pequeno mesmo!!) e acreditem, é isso que lhe dá encanto. A ementa está cheinha de coisas boas e é uma óptima surpresa para os amantes da boa cozinha. Os pratos são apresentados com um toque de modernidade mas sem deixar cair por terra os sabores tradicionais. E há de tudo, para todos os gostos! Nos dias em que o tempo estiver mais ameno, não deixem de usufruir da esplanada. A paisagem rural circundante é mesmo de cortar a respiração. Uma verdadeira inspiração! E fora de brincadeiras, não se surpreendam se derem de caras com um bode, um pavão ou uma ovelha enquanto almoçam.

Um grande bem-haja à família que abraçou este projecto. Criaram a tasquinha do meu coração...

(A Tasquinha foi de férias e reabre dia 23 de Setembro)

 

10150718_806078872753192_1637179566_n.jpg

11053347_1080052885355788_1453662072390913646_n.jp

11088347_1034763403218070_2723472069916274905_n.jp

11109440_1067179796643097_4219153128661824686_n.jp

11253229_1083627361665007_4566897973462628311_n.jp

11899764_1114226375271772_7094116822762063447_n.jp

12064434_10153604088480767_914173903_n.jpg

12067226_10153604087015767_494817332_n.jpg

12067821_10153604087805767_746545727_n.jpg

12068028_10153604088020767_875555851_n.jpg

12071494_10153604087845767_353983999_n.jpg

12077115_10153604087900767_19818827_n.jpg

 

 

 

 

 

09 de Setembro, 2016

Há uma quinta de sonho na Ericeira!

Patrícia Teixeira

dagaio.jpeg

 

 

Se há sítios que nos fazem querer que o tempo pare, este é um deles. Na Quinta do Dagaio, a menos de 2 kms da Ericeira, cada recanto está apinhado de charme. Não há aqui nada que não seja fruto da entrega diária de um casal, o Luís e a Mafalda, que de um sonho antigo fizeram nascer esta propriedade de eco-turismo. Somos confrontados com um ambiente rural e disso, felizmente, não temos como escapar. O stress fica à porta e é bem provável que desista de esperar por nós. 

Aqui podemos ficar instalados ou alugar o espaço para uma uma festa de aniversário, um encontro de amigos ou qualquer outro evento que se queira aconchegante. Existe para essa finalidade um palheiro de excelência, com todo o conforto a que temos direito. Há lareira para os dias mais frescos, um areal com espreguiçadeiras quando a temperatura decide ser mais simpática e, pasmem, pequenas piscinas naturais. 

Se optarmos por pernoitar neste paraíso, depressa percebemos que a decoração rústica em nada nos priva do conforto.Todas as casas estão equipadas com aquecimento, casa-de-banho privativa, varanda, pátio e cozinha. Mais do que um alojamento rural, a Quinta do Dagaio  revela-se um estilo de vida, pronto para ser descoberto. As imagens falam por si...

 

1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

6.jpg

7.jpg

8.jpg

9.jpg

10.jpg

11.jpg

12.jpg

13.jpg

15.jpg

16.jpg

18.jpg

19.jpg

 

21.jpg

22.jpg

23.jpg

24.jpg

25.jpg

26.jpg

27.jpg

28.jpg

29.jpg

30.jpg

31.jpg

32.jpg

33.jpg

34.jpg

35.jpg

36.jpg

37.jpg

38.png

39.jpg

40.jpg

41.jpg

Nota: Todas as fotos foram retiradas da página da Quinta do Dagaio

 

 

 

 

01 de Setembro, 2016

Digam lá se não é tentador...

Patrícia Teixeira

ImageServer.jpg

 

Não exactamente pela Coca-Cola (porque essa está quase sempre à mão de semear), mas porque não resisto à combinação das palavras "evento gastronómico"! Soa-me a festa, a convívio e à irresistível e seguramente deliciosa viagem pelos sabores da nossa gastronomia. Como tal, não podia perder a 2ª edição do "Adoramos a nossa gastronomia com Coca-Cola". Trata-se de uma iniciativa com o selo da famosa bebida, que decidiu aliar-se à boa mesa promovendo e premiando a nossa gastronomia. E olhem que boa ideia...Tudo começou em Abril, quando cerca de 1200 restaurantes, de Norte a Sul de Portugal, decidiram participar neste concurso em que o único desafio era que cada espaço apresentasse a sua versão dos pratos típicos de cada região. Os chefs puseram mãos à obra e os finalistas foram escolhidos pelo público e avaliados pelo Chef Tiago Bonito.  Neste evento, que decorre na Sala Tejo do Meo Arena, nos dias 9, 10 e 11 de Setembro, são eles que farão as honras da casa! Sendo assim, todos os visitantes terão a possibilidade de saborear 12 dos pratos mais típicos de Portugal e, provavelmente, confeccionados pelas mãos de quem melhor os sabe preparar. A cada visitante será oferecido um copo da Coca-Cola e uma bebida refrescante. Haverá ainda espaço para outras actividades como showcookings promovidos pelo Chef Tiago Bonito. E como uma boa festa não se faz sem música, não faltarão espetáculos de música portuguesa. Fiquem com o programa das festas:

Horários:

Dia 09, sexta-feira: das 19h às 23h
Dia 10, sábado: das 12h às 16h e das 19h às 23h
Dia 11, domingo: das 12h às 16h

 

Oferta gastronómica:

Minho Norte: Rojões à moda do Minho
Minho Sul: Arroz de Pato
Grande Porto: Francesinha
Litoral Norte: Caldeirada
Interior Norte: Bacalhau à Lagareiro
Centro: Migas com carne
Grande Lisboa: Bacalhau à Brás
Litoral Sul do Tejo: Arroz de Tamboril
Interior Sul do Tejo: Sopa de Cação
Algarve: Choquinhos à Algarvia
Madeira: Bife de Atum
Açores: Alcatra à moda dos Açores

 

Animação

SEXTA, 9
19H00 - MÚSICA AMBIENTE
19H30 - ENTERNAINER
20H00 - BANDA BACO
21H30 - KATIA GUERREIRO

SÁBADO, 10
12H00 - MÚSICA AMBIENTE
13H00 - ENTERTAINER
13H30 - CABRA CEGA
15H15 - TRIGO ROXO
16H00/19H00 - INTERVALO
19H30 - DIOGO PIÇARRA
21H45 - PAULO GONZO

DOMINGO, 11
12H00 - MÚSICA AMBIENTE
13H00 - ENTERTAINER
13H30 -BANDA RED (COVERS PORTUGUESES)
15H00 - JOÃO PEDRO PAIS