Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

seainessabedisto

Um banho que nos desintoxica da rede wi-fi?

Digital_Detox_Bath_6-17-15_04_1024x1024.jpg

Parece que não restam dúvidas de que a exposição prolongada à rede wi-fi pode trazer complicações ao organismo. Foi a pensar nisso que a Pursoma, uma marca americana de produtos de beleza e bem-estar, criou um produto, que já circula há algum tempo no mercado e que é, no mínimo, curioso. Chama-se Digital Detox Bath e é para ser usado durante um banho de imersão. Combina sais marinhos com argila e faz com que o corpo transpire, ao mesmo tempo que desintoxica os poros. A marca anuncia que esta solução é infalível para quem se sente cansado, stressado e, principalmente, para quem sofreu uma exposição demasiado prolongada à rede wi-fi. Eu acrescento que este produto é também ideal para quem não se importa de gastar 30 euros em cada banho "milagroso". Pois é amigos...é esse o preço de cada pacote, que serve apenas para uma utilização. Até onde sei ainda não existe uma loja que o comercialize em Portugal, mas sempre temos a possibilidade de encomendá-lo através de alguns sites com os quais a marca tem parceria. Mais detalhes aqui

 

Vamos tornar o baobab famoso!

É precisamente esta a frase que a Aduna usou para criar a campanha #makebaobabfamous. Para quem não sabe, esta marca dedica-se a não deixar que certos produtos naturais, que se encontram sub-utilizados, se extingam de vez. Agora ganhou protagonismo a árvore de baobab, que cresce de forma selvagem em mais de 30 países africanos. Dela nasce um fruto, o baobab, cujas propriedades são testadas e reconhecidas pelo seu contributo para a longevidade, saúde da pele e como fonte de energia. Embora os portes de envio sejam um pouco dispendiosos, podemos encomendar os produtos feitos a partir deste fruto no site da marca, www.aduna.com. É lá que encontramos todas as informações necessárias para compreender melhor a história e os benefícios do baobab, além do propósito altruísta da campanha, que visa dar trabalho a mais de 10 milhões de agricultores africanos. Dêem uma espreitadela, acho que vale a pena!

baobab.jpg

baobab6.jpg

baobab5.jpg

6812487_orig.jpg

 

 

Vou ali beber uma selfie e já volto!

Pois é amigos! Isto de andar sempre atrasada em relação às novidades tecnológicas dá nisto. Então não é que ontem à noite descobri que existe uma máquina de café, que dá pelo nome de Ripple Maker e que, imaginem, publica as nossas selfies em bebidas feitas à base de café com leite. Só precisamos de ter uma aplicação instalada no smartphone e enviar a foto para a memória da máquina através da rede wi-fi. Em menos de dez segundos, voilá, a nossa cara aparece estampada numa meia de leite. Por isso, se acabaram de tirar uma fotografia e não sabem muito bem o que fazer com ela…bebam! Literalmente! O engenho, por agora, só está à venda para os comerciantes, mas a marca já anunciou que esse cenário pode mudar em breve (tenho para mim que isto não é lá grande notícia).O preço é de 1299 dólares (+ assinatura mensal de 85 dólares) para os americanos. Para os restantes países do Mundo é necessário solicitar um orçamento. E podemos fazê-lo através do site

http://www.coffeeripples.com.

cafeselfie.jpg

rippple.jpg

Salada de Mozarella com Manga e Molho de Mel

Acabei de preparar esta salada para o meu almoço e ficou simplesmente divinal. E é super simples e rápida de fazer. Cortei algumas rodelas de manga e sobrepus uma fatia de queijo mozarrela em cada uma delas. Decorei com folhas de rúcula selvagem e esfarelei nozes em cima do preparado. Reguei a salada com um molho vinagrete de modena e mel, que comprei no Pingo Doce, e resolvi abdicar do sal. Experimentem. Não se vão arrepender!. Como refeição ou entrada fará, com toda a certeza, um brilharete. Boa sexta a todos!

As RECEITAS.jpg

As coisas que aprendemos com a Gisele Bundchen!

E não é que a top mais top usa uma colher para enrolar as pestanas? E desenganem-se se pensam que Gisele Bundchen foi apanhada em flagrante! A manequim brasileira não só admitiu que o faz, como ainda explicou o passo-a-passo desta técnica. E, ao que pude apurar, a notícia não é propriamente fresquinha. Eu é que andava mesmo desactualizada! Ora anotem: 1- Escolham uma colher de preferência fininha e encaixem a parte côncava nas pestanas. 2- Pressionem com o dedo durante alguns minutos. 3- Soltem o dedo com precaução para não puxar as pestanas e eventualmente arrancar alguma.

gisele colher.jpg

Desta vez foi frango com jeropiga!

Desde que tenho a mania que sei cozinhar (e não é de agora!), raramente obedeço às receitas originais. Adoro inventar, aproveitar os ingredientes que tenho no frigorífico e, sobretudo, misturar sabores completamente contraditórios. Desta vez achei que estava na altura de dar um rumo à garrafa de jeropiga que ainda tenho guardada desde o último magusto. E não é que ficou maravilhoso? Ingredientes: 2 peitos de frango 1 alho 3 colheres de sopa de polpa de tomate azeite 1 Caldo de carne molho de soja coentros picante jeropiga massa calda de peixe gengibre Preparação: Fiz um refogado com azeite, alho, polpa de tomate e um caldo de carne. Juntei a massa e o frango cortado em pedaços e deixei fritar um pouco. Em vez de água, adicionei um caldo de peixe que descobri no Aldi e que é fabuloso. Depois de começar a ferver, deixei cozinhar por cerca de dez minutos para a massa ficar al dente. Dois minutos antes de desligar o lume, juntei um pouco de raiz de gengibre, umas gotas de molho de soja, coentros, picante e reguei tudo com jeropiga.

frangojeropiga.jpg

Salada de Rúcula com Morango e Abacate

Fiz hoje esta salada para o almoço e, modéstia à parte, ficou de comer e chorar por mais. E a receita é muito simples: cortei alguns morangos em pedaços, juntei folhas de rúcula,

nozes,

umas fatias de abacate, esfarelei um pouco de queijo feta e acrescentei duas rodelas de cebola. Temperei com vinagre balsâmico e já está! Uma delícia. Fácil e rápida de preparar. Experimentem!

AS RECEITAS DA INÊS.jpg

Uma verdadeira inspiração tribal

Mundialmente conhecida pela sua história e rituais, a Tribo Masai, que vive nas planíces entre a Tanzânia e o Quénia, tem servido também de inspiração a algumas marcas de roupa e bijuteria. E a avaliar pelas fotos percebe-se porquê! Distinguem-se das outras tribos por usarem sempre uma peça vermelha embora a indumentária seja, no geral, bastante colorida. Na minha opinião, o destaque vai para os colares que eles próprios fabricam. São verdadeiras obras de arte.

tribo masai.jpg

 

 

Isto porque fui à procura de um ferro de engomar...

Assumo, sem medos, que levo sempre um ferro de engomar enorme (e a vapor!), na mala de viagem. Bem sei que o truque é escolher tecidos que não amarrotem muito (bla bla bla) mas sinceramente, (e acreditem que esforço-me bastante), nunca chego ao destino com uma única peça de roupa em condições. O defeito deve ser meu, ok! Mas sou de ideias fixas e não tenho intenção de abdicar desse item na próxima viagem (não mencionando o secador de cabelo, que também é gigante, e nunca falha. Ah, e a placa alisadora!). Mas desta vez decidi empenhar-me um bocadinho mais no assunto! Fui à procura de um ferro mais eficiente que os típicos de viagem (que quase sempre pouco ou nada fazem) mas com dimensões mais "normais" para levar num avião (sim, até porque já tive problemas com isso!). Não encontrei um ferro mas descobri artigos de viagem que achei bastante interessantes para partilhar convosco. Aqui ficam algumas dicas:

Produtos de higiene sólidos: No site www.lush.pt encontramos uma série de produtos pequenos e com o formato ideal para levar numa mala de viagem. Dispensam embalagens de plástico e também os contratempos no aeroporto. Champô, condicionador, perfume e pasta de dentes sólidos que pesam, no conjunto, menos de 200 gramas. Adorei!

lush.jpg

 

Cintos-carteiras: Embora a mochila seja, quase sempre, a opção mais eficaz para nos acompanhar em viagem, nem sempre essa alternativa se revela a mais prática e segura, afinal, furtos existem em todo o lado e transportar um peso às costas nem sempre nos dá a liberdade que precisamos em certas ocasiões. Dançar, por exemplo! Por isso, achei muito boa a ideia de usar um cinto-carteira para transportar o essencial: passaporte, dinheiro e telemóvel. É também uma excelente opção para não cairmos na tentação de levar várias carteiras, para diferentes situações. Menos fashion, mas muito mais prática.

cintos carteiras.jpg

 

 A GOandBACK, uma marca especialista na saúde do viajante e medicina tropical, desenvolveu vários kits de farmácia para os viajantes. Consoante a sua composição, o preço também varia. Kit Festival, Kit Europa, Kit Finalista, Kit Peregrino e Kit Tropical são algumas das opções disponíveis, cujos detalhes poderá consultar em www.goandback.pt. A bolsa é pequena mas dispõe de vários medicamentos que podem ser utilizados em caso de febre, dores, diarreia, azia ou indisposição. Contém também repelente de insectos, produtos para desinfectar e tratar feridas, protetor solar, entre outros. 

JMR7522.jpg

 

 

Uma mala de viagem inteligente, a Bluesmart, que é controlada através do smartphone! Era tudo o que eu precisava! Desbloqueia quando estamos perto dela e tranca-se automaticamente quando nos afastamos. Mais...inclui um carregador USB que permite carregar até 6 vezes os nossos dispositivos electrónicos, uma balança embutida na pega para controlar o peso da bagagem, uma bolsa de rápido acesso para arrumar o portátil ou tablet e, mais importante que isso, um sistema de localização que nos permite saber sempre onde ela anda. Custa cerca de 350 euros. Mais detalhes em www.bluesmart.com. 

blue smart.jpg

 

 

 

Óculos que impedem o jet-lag: Por 219 euros podemos adquirir online, através do site www.re-timer.com, um par de óculos que, a dar credibilidade ao que anunciam, podem evitar os efeitos negativos do jet lag como sono em excesso, cansaço, náuseas, mau humor e dificuldade em adormecer. Não faço ideia se funcionam realmente e confesso que alimento sérias dúvidas a esse respeito. Mas achei piada! No site explicam que o aparelho emite uma luz verde inofensiva, directamente para os olhos, equilibrando assim a diferença de exposição à luz num fuso horário diferente. Hummm...

re-timer oculos.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A sopa maravilhosa que fui desencantar!

Fiz hoje para o almoço uma sopa que ficou verdadeiramente deliciosa. A ideia era aproveitar uns peitos de frango que sobraram de ontem. Juntei alguns ingredientes que já tinha em casa e o resultado foi surpreendente. Simples de preparar, serve perfeitamente como prato principal de uma refeição. Além de pouco dispendiosa, é também bastante nutritiva. Aqui fica a receita e a fotografia para abrir o apetite:

 

Ingredientes: 1 peito de frango, 1 colher de chá de manjericão seco, 1 cenoura grande, 4 dentes de alho, 1 pimento verde, 1 lata de feijão vermelho, 1 cebola pequena, um molho de espinafres, 5 tomates médios, 4 chávenas de caldo de galinha, 1/2 colher de chá de colorau, uma pitada de sal, azeite e vinagre.

Modo de preparação: Faça um refogado com o azeite, os alhos picados, o colorau, a cebola picada, o manjericão e os tomates cortados grosseiramente. Depois de apurado, adicione as chávenas do caldo de galinha e deixe ferver. Junte ao preparado o frango cortado em pedaços, a cenoura em quadradinhos, o pimento verde em tirinhas e os espinafres. Dez minutos depois junte a lata do feijão já cozido. Quando todos os ingredientes estiverem cozinhados, deslige o fogo e deixe apurar alguns minutos. Tempere com sal e um pouco de vinagre. Pode também juntar salsa ou coentros. 

Bom proveito!

sopa.jpg