Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se a inês sabe disto

Snapchat acusado de racismo! Havia mesmo necessidade?

O Snapchat lançou hoje um novo filtro, como forma de homenagear Bob Marley, e a polémica já estalou. Tudo porque, nos Estados Unidos, o dia 20 de Abril é uma espécie de "dia da cannabis", em que se promovem vários movimentos para a discriminalização dessa droga. Apesar desta iniciativa ter sido feita em parceria com a Bob Marley State, os utilizadores da aplicação ficaram indignados, não só com a associação desta data ao cantor, alegando que a sua importância ficou resumida à associação a uma droga, como por o filtro utilizado escurecer a cara das pessoas ao ponto de parecerem de etnia africana, quando, na realidade, Bob Marley era jamaicano. As críticas dizem ainda que esse mesmo filtro é uma alusão à "blackface", um termo se refere a uma prática teatral antiga, bastante utilizada no século XIX, na qual os actores brancos pintavam a pele de preto com carvão. Era uma forma de representar os negros, de forma exagera e considerada ridícula.
Quanto a esta questão, parece-me que existe uma implicância exagerada por parte dos utilizadores do Snapchat. E, de resto, não era o próprio Bob Marley que assumia, orgulhosamente e a toda a hora, que fumava cannabis? 

 

snapbobmarley.png