Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

seainessabedisto

Há novidades no restaurante Volver, em Lisboa

 

PatoPolentaMate_site.jpg

André Pires é o novo Chef do Restaurante Volver, em Lisboa, e a nova carta já foi revelada. No meio de tantas novidades, o melhor da gastronomia portuguesa e argentina continua a ser o mote para a confecção e apresentação dos pratos. O resultado é uma fusão deliciosa e criativa de sabores dos dois países. Se lá forem, preparem-se para as sugestões mais improváveis, com alguma irreverência até! Palavra de Chef!

Partindo do pressuposto de que “Portugal não é só fado e peixe, e a Argentina não é só e tango e carne”, o novo chef, nascido em Santarém, procurou introduzir pratos que reflectem a cultura e tradição argentina unidos à boa gastronomia nacional. Desta vez, a influência da América Latina entrou também nesta fusão, com alguns elementos importantes como a lima. Esta nova carta, é, de acordo com o Chef, ‘um convite aos momentos de partilha’, que é como quem diz, a ‘compartir’. À boa carne que caracteriza a ementa deste espaço, juntam-se novidades na área do peixe como as vieiras e a truta Arco-íris (um peixe muito popular na Argentina).

2017_TartaroVaca_Pipocas_Feno_ComAgriaoJPG.JPG

Nas entradas, as estrelas da nova carta são: o Tártaro de Vaca com Pipocas de Aji, Ruibarbo, Chimichurri, um tempero argentino, e Creme de Feno e Agriões; o ’Sorrentino’ de Couve-portuguesa com Ricotta Fumada, Quinoa Y Geleia BBQ; o ‘Nikkei’ Patagónico que une a truta (muito utilizada na Patagónia) em várias interpretações: Tártaro, Brûlée Y Gravlax de Truta, Funcho, Lima, Laranja, Ruibarbo, Beterraba, Ovo Y Abacaxi, e a Tábua de queijos Y Provoleta com Queijo de Cabra 'Granja dos Moinhos' caramelizado Y Pêssegos Grelhados com Provoleta Grelhada, Gel de 'Torrontés' (Casta Argentina Branca), Peschette Al tartufo ('nano' pêssegos em azeite de trufa) Y Shciacciata (Pão de queijo de cabra e uvas).

Surf_Y_Turf.JPG

Nos pratos principais, entram em cena o Bacalhau, o ‘Gazpacho’ Y Carvão, um delicioso bacalhau cozido a baixa temperatura com uma poejada de grão, berbigão, gema curada,  azeite de carvão e alho francês e um desconcertante ‘gazpacho' de cereja; o Risotto Porteño de Vieiras com camarões, Algas, Ricotta, Salicórina Y Limão, o Pato Crocante Y ‘Papas Francis Mallman’, numa homenagem a um grande cozinheiro Argentino e às suas afamadas batatas, que se fazem acompanhar por um magret de pato e pêras de pickles caramelizadas, gel de laranja e mostarda, acelgas Y Caramelo de Aji. Também o Tártaro de Vieiras Y Wagyu promete fazer muita gente ‘Volver’ com a entrãna de Wagyu grelhada, servida com vieiras caramelizadas, tártaro de vieiras com pimento de piquillo, puré de milho e poejos, gel de salsa e quinoa tufada.

Tartaro2.JPG

Nos acompanhamentos, juntam-se aos da casa o Rosti de Batata Doce, o Mesclum de Batatas e Azeite Trufado, ou o Puré de Batata com Tutano Y Geleia de BBQ

volver_0745_tartaro truta maca.JPG

E para terminar, nada melhor do que uma Pavlova (Merengue, Espuma de Doce de Ovos, Vinagre Balsâmico, Pimenta Rosa, Creme de queijo, Morangos, Sorvete) ou um Abacaxi3 (Abacaxi, Maracujá, Pisco, Chocolate Branco, Limão) que se juntam à muito afamada Torta Rogel com bombom do Alaska (Dulce de Leche, Bombom Alaska de menta, Framboesa, Mirtilo).

 

volver_10_0842_AndrePires.jpg

 

Sobre o Chef André Pires:

André Pires é natural de Santarém mas passou pela Bélgica, pelo espaço ‘La Sirene’, e pelo ‘Degusto’ e ‘Malhadinha Nova’, pela mão de Vítor Claro. Regressou depois ao Ribatejo onde chefiou a cozinha do Hotel Lusitano, na Golegã. Nos últimos 5 anos trabalhou no restaurante Tágide, em Lisboa, como Sub-chef e Chef. No início de Abril assumiu a chefia da cozinha do VOLVER, agarrando com entusiasmo o seu projeto.