Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

seainessabedisto

De olhos bem fechados

tom-cruise-e-nicole-kidman-em-cena-de-de-olhos-bem

Texto de Edmundo Gonçalves

20478557_ZDt5E.jpeg

O tempo, esse “criminoso”, parece não lhe prestar grande atenção, mas a verdade é que uma das actrizes mais profícuas da indústria cinematográfica, por tudo, desde a sua competência e versatilidade, até ao seu narizinho arrebitado que lhe valeu um papel que representou de forma ímpar em “Casei Com Uma Feiticeira”, fez ontem, 21 de Junho, cinquenta anos.

A “malta” tem alguma tendência em apenas olhar para o seu umbigo e preocupar-se apenas com o passar dos seus anos e quando olha em seu redor com olhos de ver, conclui que os outros também são atingidos pela “desgraça”. É certo que com uns, talvez por algum pacto secreto com o demo ou com algum anjo mais condescendente, o tempo é mais permissivo, deixando-os com um aspecto que até aos próprios provavelmente enganará. Eu falo por mim, que tenho o ar de um jovem de 25 anos, não fora as dores nas “cruzes” fazerem questão de me lembrar que fiz há dias 57 (eheh).

Querem falar sobre A Intérprete, O Mistério, Mulheres Perfeitas, Dogville, Cold Mountain, From Russia With Love, Os Outros, Moulin Rouge, o icónico Eyes Wide Shut, O Pacificador, Retrato de Uma Senhora, Batman Forever,  Horizonte Longínquo, do enorme Billy Bathgate, Dias de Tempestade, Um Editor de Génios, Raínha do Deserto, Grace ou The Railway Man num total de 54 longas metragens, algumas delas magistralmente vividas?

Não sou muito de ícones. Mandela e Luther King serão talvez dois dos que terão para mim esse estatuto, os restantes serão mortais um pouco mais virtuosos ou engajados do que outros, apesar da importância que possam ter tido nas suas épocas e que poderão até ter revolucionado a evolução e a história da humanidade. Desse modo não idolatro quem quer que seja; Esta é apenas uma crónica de fait-divers sobre uma excelente actriz, Nicole Kidman e que serve também para quem possa revisitar a sua obra, o faça com olhos de ver. Parabéns então Nicole, Engana-me que eu Gosto.