Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Se a inês sabe disto

Caminhar por trilhos sinuosos

Hoje vou entrar por um caminho onde muito provavelmente me irei espalhar ao comprido, o que soe dizer-se esbardalhar-me todo, mas olha, mesmo sem rede, cá vai o meu modesto contributo para a felicidade de algumas leitoras ( e eventualmente dos seus companheiros ).

Qual é o homem que não aprecia uma mulher vestindo alguma peça de cabedal ou PVC ( vinyl vulgarmente, ou pele sintética)? Eu próprio adquiri, ao longo dos anos, algumas peças para a minha mulher e confesso, ela sabe, que me dá prazer e liberta algumas substâncias químicas que... fiquemo-nos por aqui!

Li e vi por aí nas revistas de moda que me vão ocasionalmente passando pela mão, que a cor desta estação (Primavera/Verão) é o roxo (bom, espero não ter lido nada que já tivesse passado à história...), portanto meninas e senhoras, toca a abusar! Se a cor proposta puder ser em vestuário de couro/latex/PVC tanto melhor, junta-se o útil ao agradável. Ainda que o latex seja muito pouco em conta para a maioria das carteiras, ter uma peça para ocasiões especiais será sempre uma mais-valia...

-Ah, mas isso é roupa que não pode ser usado no dia-a-dia, é demasiado exposto para levar para o trabalho, dirão algumas de vocês.

Posso até concordar, com alguns modelitos mais atrevidos, mas que diabo, um casaco comprido, uma saia pelo joelho, um vestido com um corte semelhante aos trezentos e vinte e sete que tem no roupeiro, não fará com que nenhum colega tropece no tapete e bata com os queixos na pontinha da sua secretária (o que até lhe dará algum gozo, confesse...).

No intenso trabalho de pesquisa que fiz para este post (mais ou menos dez minutos nalguns sites de moda e chinocas de venda on-line), encontrei até algumas peças que podem ser usadas no dia-a-dia (há-as em roxo, mas infelizmente não consegui imagens), sem que alguém (na vossa imaginação apenas, podem crer) vos chame seja o que for. E também, convenhamos, quem não gosta que lhe apreciem a silhueta?

Vejam lá esta calça (em PVC), se não é uma peça que poderá ser usada sem qualquer constrangimento:

calça vinyl.jpg

Como nem todas as caras leitoras apreciam ou usam calças, nada como esta saia, para um confortável dia de trabalho, lazer, ou compras, o que muito bem lhes apetecer, que cada um sabe da sua vida e nós nada temos a ver com isso.

saia1.png

E se por acaso ainda vierem algumas chuvadas, sim, porque isto está mudado já não é como antigamente que até se dizia que em Abril, águas mil e que Abril chuvoso, Maio ventoso e Junho amoroso, fazem um ano formoso, mas pode sempre dar para o ano se portar bem, terá sempre necessidade de algo que a resguarde da chuva e do vento, como estas proposta de casacos em couro e PVC:

casaco01.png

casaco02.png

 

casaco4.jpg

Claro que lá mais para Junho, com os dias a crescer e provavelmente sem alteração da hora legal, as tardes convidam a uma saída informal, a uma imperial ou um gin numa esplanada à beira-rio ou à beira-mar, prelúdio para um jantar com uma companhia agradável. Eu cá sou suspeito, mas talvez aqui possam ousar um pouco e apostar num vestido que vos realce os pontos fortes e que em simultâneo vos deixe confortáveis e ao mesmo tempo suscitem uma maior atenção à vossa companhia. Este modelo poderá ser a chave para uma noite prometedora, quem sabe...

vestido latex 02.png

E agora que já me meti por caminhos que claramente não são a minha praia, recomendo-vos, para não ficarem agastadas com a falta de qualidade das propostas, que visitem a página facebook do Novo Trapo, que tem ali um link do lado direito e que tem lá propostas muito mais interessantes e escolhidas com todo o profissionalismo para vos fazerem sentir-se umas princesas.

E já agora, desculpem qualquer coisinha, está bem?