Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se a inês sabe disto

Caixa Geral de Depósitos

cgd_usodosimbolo.jpg

 

Texto de Edmundo Gonçalves

edmundo.jpg

Confesso a minha ignorância em gestão bancária. Devo ser eu e p’raí 10 Milhões de portugueses. Mas tenho-me por não ser parvo de todo, qualidade que não me terá atingido apenas a mim, felizmente. Como tal não gosto que me façam o ninho atrás da orelha. Chateia-me que insultem a minha inteligência e que rapem do meu tacho sem minha autorização.

Vi nas notícias que o banco do Estado, a CGD, deu quase dois mil milhões de Euros, eu escrevo com os zeros todos, para se ver o comprimento da coisa: 2 000 000 000,00€ de prejuízo em 2016.  (nem sei quanto em dinheiro “português”, mas hão-de ser muitos milhões de contos, como diria o outro, é fazer as contas).  Ao que consta parece que tem a ver com crédito que foi concedido e será irrecuperável. Uma coisa posso assegurar, eu não lhes devo nada! E alguns tesos como eu que lá tenham crédito, à habitação por exemplo, foram obrigados a dar-lhes todas as garantias, portanto não será por aí, esses ou pagam, ou ficam sem casa, que com os fracos eles sabem ser fortes.

Mas esta minha prosa simples vem aqui só porque acho que teria alguma piada, uma vez que o banco é “nosso”, que o governo nos dissesse quem foi o administrador, ou os administradores, directamente implicados nestas operações, quem é que deixou essa bufunfa toda sair sem ter garantia de que voltava e com juros, ou que no mínimo haveria a garantia em géneros. Também seria interessante, mais uma vez porque o banco é “nosso”, saber quem são os grandes devedores àquela instituição que se considera que nunca cumprirão com as suas obrigações. Os caloteiros, se me faço entender. Ou amigos, para alguns.

Não é por nada, mas gostava de saber a quem é que ajudei a pagar os iates, os carros de luxo, as mansões, as viagens, os cruzeiros, as almoçaradas… e as putas.

Patrícia Teixeira

Edmundo Gonçalves

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens