Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

seainessabedisto

Boas razões para não perder o Sumol Summer Fest

cartaz sumol.png

 

A 8ª edição do Sumol Summer Fest está à porta (no meu caso, literalmente à porta de casa :) e este ano o cartaz é, na minha opinião, bastante mais apelativo que em anos anteriores. Pelo menos mais versátil. É certo que não cumpre com rigor a denominação de festival de reggae mas quando a receita não corresponde às expectativas, há que apelar à inovação, à mudança de roupagem e dar nova vida a um evento que reúne todas as condições para ser o must do verão. Para começar não é um festival urbano e isso, quanto a mim, é uma das grandes vantagens. Outra, talvez a maior de todas, é que fica mesmo à beira da praia. Aliás, das praias. A da Empa e a do Matadouro, mesmo em frente ao recinto, e a menos de 1 Km, a da Ribeira D'Ilhas, que será também palco dos soundset's do festival. 

E se ter mar, sol (esperemos!) e areia já é vantagem quanto baste, o facto de podermos deslocar-nos a pé até ao centro da Ericeira soma alguns pontos a este evento. Reconhecida como Reserva Mundial de Surf desde Outubro de 2011, a vila tem estado em destaque pelo mundo, eleita por diversas vezes como um dos destinos mais cool da Europa. 

O preço dos bilhetes também leva vantagem, em comparação com outros festivais. O passe diário custa 30 euros e para os 2 dias 45 euros (sem camping) e 55 euros (com camping). Existem ainda outros pacotes, com vantagens adicionais, que poderão consultar aqui. E por falar em acampar, não é demais lembrar que o Ericeira Camping, onde irá decorrer o festival, é considerado um dos melhores do país em termos de infraestrutura. Não mencionando a vista de excelência, claro! Por último, e não menos importante, o cartaz que este ano traz à Ericeira nada mais nada menos que Gabriel o Pensador, Madcon, Robin Schulz, Elliphant, Blaya, Trevo, Jimmy P, Azealia Banks, entre muitos, muitos outros. Visitem o site do Sumol Summer Fest para conhecer todos os detalhes do evento. Eu, este ano, não falto!