Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se a inês sabe disto

Acabou-se a guerra de cotovelos nos aviões e afins...

braço.jpg

 

Tenho para mim que esta questão é mais pertinente do que parece. Afinal, em algumas salas de cinema, teatro ou aviões, vamos garantidamente deparar-nos com esta situação. É que uma coisa é termos confiança com as pessoas que estão ao lado e, nesse caso, é justo que apelemos à democracia através da divisão do braço da cadeira (ainda que, quase sempre, ele seja tão minúsculo que não haja intimidade que resista!). Mas... e quando nunca vimos a pessoa na vida? Quem é que tem direito a repousar o cotovelo? Existe uma lei que regula isso? Pousa o braço quem chegou primeiro? Entramos na guerra do empurra para lá e para cá? Ou borrifamo-nos para as regras mínimas do convívio social e encostamos romanticamente o cotovelo ao cotovelo vizinho?

E a solução chama-se...Soarigami!

 

soarigami1.jpg

 

Foto: Soarigami

Este pequeno acessório foi desenvolvido por Grace Chang, a pensar no assento dos aviões, mas a patente ainda está pendente. O design é inspirado na arte do origami e trata-se de um produto muito simples, que podemos transportar facilmente numa carteira. Se houver comum acordo com o vizinho do lado, basta que o coloquemos no braço da cadeira e... voilá, conforto para ambas as partes. Era interessante que a ideia chegasse até cá. Podem conhecer mais detalhadamente este produto através do site da marca aqui.