Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

seainessabedisto

A surfista Agatha Christie

Em 1922, durante uma expedição de 10 meses na companhia do marido, Agatha Christie viajou pelo Hawai, Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia, Austrália e África do Sul. Numa dessas viagens, a romancista policial decidiu começar a praticar surf, mais precisamente nas ondas da Cidade do Cabo, em África do Sul. A sua estreia neste desporto foi detalhadamente descrita nas cartas que escrevia semanalmente para a sua mãe, e também numa auto-biografia, "The Grand Tour":

"Como os meus conhecimentos de geografia eram fracos, nunca tinha percebido que a Cidade do Cabo estava numa península e, por isso, fiquei muito surpreendida quando saí do comboio e me encontrei outra vez ao pé do mar. Havia pessoas a tomar banho, o que me encantou. Tinham pequenas pranchas curvas com as quais deslizavam sobre as ondas. Ainda era muito cedo para o chá. Fui até ao pavilhão de banhos e, quando me perguntaram se queria uma prancha, disse-lhes: ‘Sim, por favor’. O surf parece ser muito fácil. Mas não é. E não digo mais. Fiquei furiosa e praticamente atirei a prancha para longe. Mas decidi que voltaria na primeira oportunidade para tentar outra vez. Não me dava por vencida. Por engano, acabei por dar mais uma volta na prancha e fiquei felicíssima. O surf é assim. Ou ficamos furiosamente a praguejar ou totalmente satisfeitos com nós próprios. Por vezes foi doloroso, mas no geral foi um desporto fácil e muito divertido ". 

 

agatha christie.jpg

agatha2.png

 

 

agatha3.png

 

 

 

Instagram

PATRÍCIA TEIXEIRA

Arquivo

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.